02 julho 2013

A livraria 24 horas do Mr. Penumbra (Robin Sloan)

Olá, pessoal!


Vamos falar de A livraria 24 horas do Mr. Penumbra, do autor Robin Sloan, enviado gentilmente pela editora parceira Novo Conceito.




Clay é um jovem recém saído da faculdade e cheio de planos. Na sua cabeça, ele caminha rumo a um futuro promissor, recheado de excelentes oportunidades, consequência de ideias incríveis que ele não vê a hora de colocar em prática.

Entretanto, assim como na vida real...não é bem isso que acontece e ele precisa apelar para o plano B. Ou Z. Passando pelo lugar mais improvável, segundo suas expectativas, ele vê um anúncio de emprego numa livraria. E aposta nisso. É assim que Clay assume o turno da madrugada da Livraria 24 horas do Mr. Penumbra e descobre um outro universo.

Aquela não era uma livraria qualquer; quase não havia clientes, e as pessoas que chegavam procurando livros, além de uma atitude estranha, solicitavam exemplares de um acervo especial, ao qual ele não tinha acesso. Aliás, essa foi a primeira recomendação do empregador: nunca ler os livros. Nem mesmo passar os olhos neles.

Por quê? Quem são aquelas pessoas? Que livros são aqueles? O que pode representar a livraria para Clay? Vocês só descobrirão se derem uma chance a essa história que se passa num cenário que, nós, leitores, amamos e que é prato cheio para enredos conspiratórios, como é o caso aqui.

O que eu achei:

Ok, esse não é um livro altamente profundo ou que vai levá-lo a grandes questionamentos existenciais. Pelo menos não aconteceu comigo, mas, sei lá, a leitura ocorre no encontro entre livro e leitor, né?

Mas, é um bom entretenimento? Sim, é. A história me prendeu, eu tive vontade de sempre seguir em frente, de saber mais. Gostei da escrita do Robin Sloan; ágil, leve, não tão superficial.

Confesso que a história ia num crescendo ótimo e, em dado momento, deu uma caída, mas nada que tirasse minha vontade de concluir a leitura.


Por outro lado, a história de Clay me fez pensar na vida que queremos/planejamos x a vida que temos. Mais especificamente, me lembrou de uma passagem de Arquivo X, a série favorita da minha vida; em um episódio, a agente Scully se dá conta de que, talvez, ela queira a vida que não escolheu. Os caminhos trilhados por Clay, a forma como ele vai desconstruindo o ideal de perfeição, de sua vida, da garota desejada, dos amigos, de si mesmo e, especialmente, as conexões que ele fez ao longo do caminho, tornaram a leitura bem gostosa.


Autor: Robin Sloan
Titulo: A Livraria 24 horas do Mr. Penumbra
Selo: NOVO CONCEITO 
Ano: 2013
Edição: 1
Número de páginas: 288
Área Principal: FICÇÃO
Assuntos: FANTASIA

Nenhum comentário: